Como ter motivação sem limites: o segredo está na autovalidação

como ter motivação
Para completar uma tarefa você precisa colocar a mão na massa, ser persistente e executar ela até o final. Apesar desse tipo de conselho ser mais fácil de falar do que fazer, não é que você não possa lidar com as tarefas que estão nas suas mãos. Na verdade, você sabe que tem todos os recursos e informações necessárias à sua disposição.

Então, como ter motivação para seguir em frente e terminar?

Liberar a sua automotivação produtiva tem muito a ver com onde e como você busca validação. (Validação nesse caso significa reconhecimento e afirmação de que o que você está fazendo vale a pena e é importante).

Acontece que existem algumas armadilhas psicológicas enraizadas no seu pensamento desde sua infância que podem afetar sua habilidade de se auto validar e, claro, sua força para sua automotivação. Essas armadilhas psicológicas existem para roubar e sabotar sua energia e confiança.

Vamos analisar a fundo o que elas são e, mais importante, como pará-las.

Você tem uma mentalidade fixa ou de crescimento?

motivação

Uma das teorias mais revolucionárias da psicologia moderna gira em torno do conceito de mentalidade fixa x mentalidade de crescimento. Essencialmente, toda motivação (ou falta dela) pode ser rastreada independente se a pessoa está com uma mentalidade fixa ou de crescimento.

Essa distinção dita se você constantemente precisa de validação externa da sua própria habilidade ou se você reconhece seu próprio valor. Entenda como ter uma motivação sem limite de acordo com seu tipo de mentalidade.

Mentalidade Fixa

Pessoas que operam em uma mentalidade fixa acreditam que a inteligência delas é limitada, então é prudente perseguir apenas objetivos que estejam alinhados com sua área de especialização. Por outro lado, elas podem ficar ansiosas (ou evitar completamente) situações onde possam se sentir despreparadas ou inefetivas.

Traços comuns em pessoas com mentalidade fixa incluem:

  • Aversão a tentar algo novo
  • Desconsideração de feedbacks úteis
  • Sentimento de ameaça pelo sucesso de outras pessoas

Um dos efeitos colaterais mais significativos de operar em uma mentalidade fixa é que essas pessoas estão constantemente buscando a validação externa como um meio de “provar” o seu valor não apenas para os outros, mas também para si mesmos.

Mentalidade de Crescimento 

Pessoas com mentalidade de crescimento tendem a pensar em sua inteligência como flexível e são capazes de expandi-la com conhecimento, esforço e prática. Enquanto as pessoas com uma mentalidade fixa vêem a inteligência de forma limitada, aqueles com uma mentalidade de crescimento vêem seu potencial como ilimitado.

Traços comuns em pessoas com mentalidade de crescimento incluem:

  • Acreditam que o domínio de algo é fruto do esforço delas
  • Aprendem com críticas
  • Inspiram-se no sucesso de outras pessoas

Uma das qualidades mais impressionantes de uma mentalidade de crescimento é a capacidade de auto-validação, evitando assim a constante necessidade de aprovação dos outros.

Aprendendo a se auto validar

autovalidação

Aprender a se auto validar não é fácil, nem comum. De acordo com uma pesquisa do Objective Leader Assessment, 55% das pessoas atribuem seu valor pessoal ao que outras pessoas pensam.

É normal viver fazendo realizações para outras pessoas, especialmente em um sentido profissional. Buscar aprovação para um trabalho bem feito na forma de compensação financeira é um bom senso de sobrevivência. Os problemas surgem quando você deixa de lado sua motivação para a sua própria felicidade em favor de fazer realizações para os outros. Você ainda pode ser bem sucedido, mas você provavelmente estará se limitando de uma maneira ou de outra.

De acordo com o palestrante e empreendedor Geoffrey James, “Seu sucesso depende quase inteiramente do quão bem você pode se automotivar. Considere: uma pessoa automotivada, mas com um Q.I mediano sempre performa melhor que um gênio que não consegue se automotivar.”

Então, como ter motivação e afastar o julgamento e aprovação das outras pessoas para seguir em frente?

Confie na atenção plena e… intuição

intuição

Autora, palestrante e psicóloga especializada em validação, Karyn Hall, PhD, observa que a validação é sobre aceitar sua própria experiência – o bom e o mau. A fim de progredir, você não pode descontar o seu passado ou procurar justificativas em retrospectiva.

Em vez de olhar em seu espelho procurando respostas, você deve estar presente, pensando no agora. Compreender o seu humor e entender como ter motivação em qualquer situação ajuda na criação de um plano de ação enquanto estiver trabalhando. Presença e informação são ambos os pilares das práticas de atenção plena que foram comprovadas em ajudar com a satisfação intrínseca.

Hall cita seis níveis de auto-validação que podem ser aproveitados enquanto você está atento e consciente. Eles variam de estar presente para suas emoções quando você está se sentindo desmotivado ou desencorajado,  a serem genuinamente quem você é ao enfrentar pressão externa.

No entanto, e se você não tem certeza do que está sentindo? Às vezes, essa lista de tarefas é apenas longa, dura, e cansativa.

Compreender a sua própria experiência pode ser um desafio, por isso é normal apenas adivinhar o porquê de você estar experimentando certas emoções. Seguir um palpite não significa mentir para si mesmo sobre seu estado emocional; em vez disso, pode ser uma hipótese mais elaborada.

Fazer uma suposição para aprender e melhorar é uma extensão da mentalidade de crescimento, que usa a exploração como inspiração para ter sucesso em casos de adversidade.

Usar alguns minutos para reflexão a respeito de um lento progresso ou falta de motivação pode ser justamente o que você precisa para se encontrar novamente e seguir em frente.

Como ter motivação fora do trabalho

motivação fora do trabalho

Concentrar-se na vida além da rotina diária é crucial para encontrar a motivação pessoal que, por sua vez, validará sua vida profissional. Quando a única luz no fim do túnel é apenas mais do mesmo, você pode se sentir sufocado para seguir em frente. Afinal, ser averso a tentar coisas novas é uma armadilha da mentalidade fixa.

Geoffrey James escreve que “ele deve estar simultaneamente fazendo vários projetos que não têm nada a ver com o trabalho”. Para ele, isso significa gastar menos tempo em sua rotina de trabalho de 9h às 17h e trazer de volta as atividades que ele normalmente empurrou para o lado por causa do trabalho. Dobrar o número de projetos paralelos como um exercício de saúde mental não é uma idéia nova. O conceito de que trabalhar menos significa trabalhar melhor é uma idéia cada vez mais popular que, em última instância, deixa as pessoas mais satisfeitas tanto em seu trabalho e vida pessoal.

Durante sua auto-reflexão, veja o que lhe traz alegria fora do trabalho. Talvez seja uma viagem em vez do seu trajeto matinal, ler romances em vez de artigos de pesquisa, ou simplesmente almoçar longe da sua mesa de trabalho.

Ter algo para olhar para a frente fora do trabalho irá motivá-lo a cumprir prazos e executar tarefas com sucesso dentro do trabalho. Você trará essa energia positiva e inspiração de volta ao seu trabalho, movendo-se naturalmente para ter uma mente orientada para o crescimento.

Seja (um pouco) egoísta

O cérebro é um órgão poderoso; Você precisa entender como ele pode mudar seu modo de operação se você quiser saber como ter motivação sem limites. Embora você tenha sido ensinado a pensar que ser egoísta é uma má qualidade, no caso de auto-validação, é necessário.

Laura Mola, escreveu sobre a auto-estima e colocou a questão: “Você é um jogador no filme de outra pessoa? Então, seja uma estrela em seu próprio”. A fim de validar a sua sensação e suas realizações, você não pode ser um personagem de apoio.

No coração da auto-validação está o auto-respeito e a compreensão associados a uma mentalidade de crescimento. A busca da auto-validação não pode incluir trabalhar tão duro que te leve ao esgotamento físico e desistência. É o oposto: diminua o ritmo e ouça suas emoções, entenda por que algo te motiva ou desencoraja, faça uma suposição quando você não estiver compreendendo algo e olhe no espelho e não em seus pares quando você precisar de um incentivo. Quando se trata de como você pensa, seu potencial é ilimitado.

Compartilhe esse artigo:

Postagens Relacionadas

Trello on various platforms

Using Trello at Work

Sign up for Trello Business Class to learn how your entire team can maximize productivity.

Saiba mais