4 dicas de gestão de projetos para arquitetos: nunca mais tenha um cliente insatisfeito

gestão de projetos para arquitetos

Aposto que pelo menos uma vez na vida você teve um projeto atrasado ou algum cliente ficou insatisfeito com seu trabalho.

Acertei?

Isso pode ter ocorrido recentemente ou lá no começo da sua carreira de arquiteto ou designer de interiores. E o problema é que normalmente culpamos o cliente pelo atraso ou o fornecedor ou a burocracia do país etc. O que nunca fazemos é uma análise interna do que podemos melhorar.

Acertei novamente?

Eu queria estar errado, mas eu mesmo já passei por isso muitas vezes e acredito que você também.

Um dos maiores causadores de atrasos, dores de cabeça, insatisfação de ambos os lados é simplesmente uma falta de organização e uma dificuldade em fazer uma gestão de projetos adequada.

Por isso, nesse texto, quero te dar 4 dicas de gestão de projetos para arquitetos que vão te ajudar a nunca mais atrasar um projeto e/ou ter um cliente insatisfeito.

Escute o seu cliente

Você deve estar se perguntando o que gestão de projetos tem a ver com escutar o cliente. Eu te respondo: tudo.

Esse é o primeiro passo que vai definir se o projeto será um sucesso ou fracasso. Lembre-se que o projeto não é sobre você, seus gostos, suas preferências. É sobre o cliente. É sobre a necessidade dele.

Então, entenda quais são as dores do cliente, quais são os seus prazos, o motivo dele querer fazer aquele projeto, o que ocorrerá caso o projeto dê certo e também o que ocorrerá caso o projeto dê errado.

Muitas vezes pensamos: “ah, foram só dois dias de atraso.” Aquilo para o cliente pode representar uma multa, uma briga, uma dor de cabeça etc. Então, antes de chegar a esse ponto, entenda o que um atraso pode representar para ele.

Se você quer aprender como analisar bem um perfil, você pode conferir o Ciclo do Encantamento, que é a metodologia que o Viva Decora usa para atrair público e conquistar clientes. Uma das etapas é justamente como analisar um perfil de maneira assertiva e entender as necessidades do cliente.

Faça um briefing

Em uma palestra a arquiteta Carminha Ribeiro, definiu assim o briefing:

O briefing é uma das etapas mais decisivas para a contratação e o bom andamento de um projeto. É nessa hora que você precisa colher, junto ao cliente, o máximo de informações para entender as suas reais necessidades, e então poder desenvolver um trabalho de acordo com tais anseios.

E você ainda não está fazendo um bom briefing?

Note que escutar o cliente é um passo inicial para o briefing. Pois normalmente o cliente vai passar as necessidades e dores dele, mas se você não tiver algo estruturado, perguntas precisas e um questionário com tudo que você precisa saber, provavelmente algo vai escapar e lá se vai sua chance de ter uma boa gestão de projetos.

Entretanto, não precisa se preocupar. A Carminha compartilhou algumas perguntas essenciais que você deve fazer (supondo que seja um projeto de uma casa) – você pode adaptar para outros tipos de projetos também:

● Quantas pessoas vão utilizar a residência?
● Qual a idade destes moradores?
● Qual rotina destes moradores?
● Assistem TV juntos?
● Gostam de cozinhar?
● Gostam de receber amigos em casa?
● Recebem hóspedes?
● Você tem algum hobby?
● Tem animal de estimação?
● Você gosta de plantas? Flores? Temperos?
● Algum morador é alérgico ou possui algum problema de saúde ou alguma deficiência?
● Qual a sua relação com a tecnologia?
● Quais cores mais lhe agradam? Gosta de tons pastéis ou vibrantes?
● Qual a sua particularidade para esse projeto?
● Deseja automação (som, vídeo, ar condicionado, cortinas)?
● Gosta de bebidas? Quais?
● O que não pode faltar de maneira alguma nesta residência?
● Madeira ou Aço?
● Frio ou Quente?
● Gosta de espelho?
● Qual é a sua intenção de orçamento para esta reforma?

Notem que várias perguntas podem parecer simples e desnecessárias, mas são de vital importância para gerar empatia e para você entender da forma mais detalhada possível o seu cliente.

Defina prioridades e etapas do projeto

Agora que você já escutou seu cliente e fez um excelente briefing é hora de colocar todas essas informações em um plano de ação.

Para uma boa gestão de projetos você precisa definir claramente quais são as prioridades do momento e separar isso em cada etapa do projeto.

Abaixo alguns quadros do Trello que podem ilustrar bem como seria essa divisão:

Projetos em fase de aprovação

Note que quanto mais detalhado for o seu processo de trabalho, melhor será sua gestão de projetos. Você também pode mapear os principais fornecedores, principais lojas para compras de material, checklists do que precisa ser revisto antes de enviar um projeto para o cliente entre outros.

A ideia é ter tudo já previamente estruturado para saber quando avançar em cada etapa e também para se precaver de problemas (pois eles irão existir). Se algo ocorre de maneira inesperada e você já tiver tudo organizado, você conseguirá resolver mais rapidamente aquela situação.

Quadro Projeto de Design de Interiores

Use a tecnologia a seu favor

Atualmente você usa softwares como o SketechUP, Revit e outros? Você tem se adaptado a novas tecnologias e usado elas a seu favor?

Essas ferramentas podem ser decisivas na sua gestão de projetos, pois ao usá-las você consegue produzir seus projetos mais rapidamente, e apresentá-los de uma melhor maneira para o cliente (evitando o retrabalho).

Além disso você também pode usar outros softwares de gestão de projeto como o próprio Trello para criar seus quadros e fluxos de trabalho, e integra-lo com outras ferramentas que você já deve usar como o Dropbox ou Google Drive para compartilhar informações com sua equipe ou com seu cliente. E também pode usar o Evernote para ter suas anotações e inspirações sempre a sua disposição.

Essas informações foram úteis para você? Conta pra gente nos comentários e vamos fazer juntos uma gestão de projetos para arquitetos incrível.

Compartilhe esse artigo:

Postagens Relacionadas

Trello on various platforms

Using Trello at Work

Sign up for Trello Business Class to learn how your entire team can maximize productivity.

Saiba mais