5 maneiras de melhorar a produtividade na empresa com uma cultura positiva de trabalho

produtividade no trabalho
Será que os benefícios da empresa podem aumentar a produtividade? Estudos mostram que o trabalhador médio, cuja a semana de trabalho em tempo integral chega a cobrir até 60 horas, pode não estar encontrando a paz profissional que eles desejam em mesas de pebolim ou salas de descompressão.

Expectativas irrealistas combinadas com longas horas estão aumentando os níveis de estresse dos trabalhadores – levando a uma cultura de trabalho mais improdutiva, isto é: diminuindo os indicadores de produtividade na empresa

De acordo com uma pesquisa de 2014, 57% dos funcionários que se identificaram como tendo “alto estresse no trabalho” disseram que eram menos produtivos e pouco engajados com suas tarefas. Em contrapartida, apenas 10% dos empregados de “baixo estresse” relataram os mesmos sentimentos.

Mas pode não ser o estresse em si que está causando baixa produtividade no local de trabalho. Embora os ​​trabalhadores pesquisados indiquem equipes despreparadas e inadequadas como uma das principais causas de ansiedade, apenas 15% dos gerentes sênior reconheceu que isso pode ser um problema para suas equipes e para a produtividade na empresa.

Um consultor sênior do estudo, Rebbekah Haymes, observa que mudanças reais só ocorrem quando a administração realmente se conecta com suas equipes: “Sem isso, mesmo a equipe de gerenciamento mais bem intencionada pode se encontrar concentrando energia e recursos nas áreas erradas”.

Quando Pagar o Estacionamento Pode Não Ser o Suficiente

estacionamento gratuitoQuando a produtividade no local de trabalho é afetada pelo estresse, as empresas precisam investigar profundamente para descobrir e abordar a raiz do desengajamento de sua equipe.

Em outras palavras, se o “ticket refeição” e pagar o estacionamento não está funcionando, pode estar na hora de repensar seu programa de incentivo.

De acordo com os pesquisadores de motivação intrínseca x extrínseca e comportamento humano, “sistemas de pagamento condicionados tendem a minar a motivação intrínseca.”

Unindo incentivos artificiais com gatilhos de comportamento no trabalho, sua empresa envia uma mensagem de como os empregadores têm controle sobre o comportamento futuro dos empregados.

Como somos controlados ao longo do tempo, perdemos o interesse na atividade. Então, ao invés de nos sentirmos fortalecidos pelo nosso trabalho, sentimos que apenas a possibilidade de uma recompensa potencial impulsiona nosso comportamento.

Pode haver outra maneira de como aumentar a produtividade na empresa: A Harvard Business Review revela que, mesmo que não pareça aparente no início, a ética é uma parte essencial da gestão.

O ditado “são apenas negócios” já não se aplica aos trabalhadores que estão sempre conectados 24 horas por dia e investem em seu trabalho além do horário oficial.

As organizações moldam o comportamento dos indivíduos, e quanto mais tratam essa responsabilidade com respeito, mais todos se beneficiam.

Como se percebe, existem cinco valores culturais chave positivos que podem trazer o maior impacto na redução do estresse dos funcionários e, por sua vez, aumentar a produtividade na empresa, da força de trabalho e a competitividade.

5 maneiras de como melhorar a produtividade na empresa com uma cultura positiva de trabalho

melhorar produtividade

1. Se Coloque no Lugar do Outro

A capacidade de se colocar no lugar de outra pessoa e entender sua situação e estado emocional é uma ferramenta poderosa na construção de relacionamentos saudáveis. Nenhum incentivo artificial pode substituir o modo como você trata as pessoas no local de trabalho.

Um estudo de imagens de cérebro descobriu que os empregados que se lembram de um supervisor grosseiro ou sem empatia mostraram a ativação aumentada em áreas do cérebro associadas com relutância e emoções negativas.

A produtividade nas empresas começa com os supervisores tratando seus colegas de trabalho com educação e cultivando a confiança em suas equipes.

É o que diz a coach de executivos DeLores Pressley: “Executivos e gerentes empáticos percebem que os resultados de qualquer negócio só são alcançados através e com as pessoas. Portanto, eles têm uma atitude de abertura e compreensão dos sentimentos e emoções dos membros de sua da equipe. ”

Felizmente, a empatia pode ser aprendida. Ser um entusiástico, envolvido, apoiando cada membro da equipe é um ponto de partida de liderança para gerentes e líderes que aspiram construir uma cultura positiva na empresa.

2. Reconheça quem Merece

reconhecimento

Um estudo publicado pelo Journal of Applied Behavioral Science explica como as práticas de produtividade nas empresas mais eficazes são baseadas na crença das pessoas na decência inerente ao ser humano.

Esta é uma pista do porquê a alta e média gerência devem tratar seus colegas sobrecarregados de trabalho com respeito, confiança e integridade.

Reconhecimento faz a diferença para as pessoas que consistentemente dão 110% de si em seu trabalho. Neste caso, ganhar respeito significa tanto quanto ganhar um salário no final do mês. É edificante para o indivíduo ver como seu trabalho impacta a visão da empresa sobre ele.

Isso pode significar a necessidade de ser mais transparente sobre o desempenho da empresa, projeções e até dúvidas e receios, e trabalhar com os funcionários para moldar os valores e metas fundamentais para a empresa. Ao mostrar respeito em um nível fundamental, se ganha produtividade na empresa e no trabalho pelo fato de se praticar a inteligência emocional.

E se o estresse ou outros fatores já estão afetando negativamente a qualidade do trabalho de um funcionário? Um gerente que apoia, inspira os funcionários a encontrar um significado maior em seu trabalho.

Em vez de culpar funcionários, pratique o “perdão” para transformar erros em lições de vida. Mostre compaixão aos colegas que podem precisar tratar de questões pessoais durante o trabalho e reconheça as qualidades das pessoas ao mesmo tempo que evita fazer críticas destrutivas.

3. Faça da Gratidão Parte da Competição Saudável

Em locais de trabalho tóxicos, a gratidão é muitas vezes deixada na porta da empresa. Os empregados são viciados em competir para minar seus colegas, a fim de impressionar o chefe ou para alcançar as maiores metas de vendas da semana.

Mas a concorrência no local de trabalho não precisa ser destrutiva. Há espaço para a gratidão e a produtividade coexistirem entre os membros da equipe.

Pesquisas revelam que os indivíduos que praticam exercícios de gratidão são mais pró-sociais do que outros. Pró-social significa “promover o bem-estar de outros, geralmente através de atos altruístas.” Assim como a subida das marés aumenta o nível do mar uniformemente em todos os pontos da praia, o desempenho individual beneficia o sucesso final de todos.

Ambientes de apoio dão aos funcionários a segurança e autoconfiança que necessitam para se concentrar em seu trabalho e não na politicagem do escritório.

Integre a gratidão como um valor na cultura da empresa, lembrando aos funcionários para ajudar uns aos outros durante os projetos.

Transforme isso em um esforço semanal da equipe para reconhecer os colegas de trabalho que executam o seu melhor, e recompense o trabalho em equipe o mais rápido possível e com frequência.

criatividade

4. Abra as Torneiras Criativas

A produtividade nas empresas não deve ser a arqui-inimiga da criatividade, embora isso aconteça facilmente quando as empresas travam os funcionários através de uma estruturação exagerada, e incutem medo quando alguém pensa fora da caixa.

Os processos não ajudam a produtividade quando limitam a confiança em assumir riscos positivos. E com a crise de criatividade que afeta as novas gerações de trabalhadores (que foram superestruturados desde a infância), as empresas não podem se dar ao luxo de não motivar explicitamente os funcionários a explorar novas maneiras de pensar e encontrar soluções inovadoras para velhos problemas.

A criatividade espontânea e de improviso ainda precisa de um pequeno processo para implementar no nível corporativo, no entanto, levando em conta programas como o Google “20% do tempo“, que dá aos funcionários tempo definido para a explorar sua criatividade, e o “Hackamonth“, do Facebook, programa que dá aos funcionários a oportunidade de trabalhar em uma equipe diferente por um mês, é possível pensar em iniciativas para incentivar novas perspectivas e experiências na empresa.

As equipes que se sentem capazes de ser criativas se tornam emocionalmente comprometidas com seu trabalho, têm menos medo do fracasso e se sentem mais positivas em trazer um impacto real no seu local de trabalho. Isso não parece inspirador?

5. Descobrindo o que Realmente Significa Engajamento

Uma pesquisa Gallup revelou que os funcionários engajados impulsionam a inovação e sentem uma conexão com seus empregadores.

Por outro lado, os trabalhadores desengajados não têm energia devido à sua infelicidade com o trabalho. E, às vezes, eles minam o trabalho dos colegas de trabalho engajados – custando às empresas até US$ 2.000 por empregado por ano em produtividade perdida.

Essa é uma verdade difícil de engolir para os gerentes encarregados de liderar uma grande equipe.

Para promover o engajamento, comece por se conectar com toda a sua empresa e definir o que o engajamento significa para o grupo.

A resposta pode não ter nada a ver com o trabalho. Basta fornecer oportunidades para se conectar em um ambiente social através de eventos depois do expediente, ou permitindo um tempo de bate-papo durante o horário de trabalho, para se começar a ver progressos.

Engajamento também significa aprender e ajudar a equipe a atingir seus objetivos pessoais. O escritor e coach empresarial Brett Baughman sugere dar o primeiro passo se engajando como um gerente: “Reunir-se com seus funcionários e descobrir do que eles estão correndo atrás. Quais são seus objetivos? Eles estão tentando pagar uma dívida ou eles têm uma criança que precisam ajudar a entrar na faculdade? Defina seus propósitos e torne-se uma força motriz para ajudá-los a ter sucesso”.

Alinhar metas pessoais e da equipe significa que todos na sua empresa estarão remando na mesma direção e atingindo mais sucessos com mais frequência.

Espalhando Positividade para Ganhar Produtividade

A produtividade na empresa vai além do cumprimento das metas mensais de produção. E conseguir um melhor envolvimento dos colaboradores não é tão fácil quanto montar uma mesa de pebolim ou pagar a vaga de estacionamento para os empregados do mês.

Para alcançar a verdadeira produtividade nas empresas, as pessoas contratadas e treinadas para fazer o trabalho precisam de um ambiente positivo.

Na verdade, não é suficiente criar programas de incentivo vazios que acabam colocando os colaboradores uns contra os outros. Agora é a hora de construir uma cultura de trabalho em torno da empatia, gratidão e respeito. Para construir uma melhor produtividade na empresa, os valores devem mostrar o caminho.

Compartilhe esse artigo:

Postagens Relacionadas

Trello on various platforms

Using Trello at Work

Sign up for Trello Business Class to learn how your entire team can maximize productivity.

Saiba mais