8 Formas de aplicar uma nova perspectiva no desenvolvimento de projetos que estão parados

Já se encontrou preso em um projeto que você trabalhou por muito tempo e acabou parando por falta de inspiração e energia para seguir em frente?

O que pode começar como um projeto empolgante e desafiador pode também facilmente se transformar em uma pilha de tarefas estagnadas na sua to do list por tempo demais. Quando o desenvolvimento do projeto deixa de ser um processo com vida e se torna uma obrigação, é importante ter estratégias para colocar uma perspectiva renovada de propósito e valor.

Quando precisar dar uma pausa e conseguir novas ideias, experimente uma dessas oito táticas rápidas para ter uma nova perspectiva no desenvolvimento do projeto e alcançar a linha final com honra.

1. Tire um intervalo (substancial)

Uma das formas mais importantes de sair da rotina é parar totalmente o projeto que você está trabalhando, fique realmente distante por um tempo e volte quando estiver com a mente fresca. Não, nós não estamos falando dos 15 minutinhos do café.

Quando você trabalha em um grande projeto, fazer um intervalo melhora a produtividade mental.  Digamos que o desenvolvimento do seu projeto está sendo feito por alguns meses. É tudo que você tem pensado e trabalhado nesse período. Sem ter descanso, é difícil de colocar a sua mente fora desse ecossistema. Em vez de continuar assim, fique um dia inteiro sem trabalhar nesse projeto. Ou melhor, tire umas férias.

Não importa quanto tempo será de descanso, o importante é não pensar sobre o seu projeto durante esse tempo. Faça e pense em coisas que são totalmente fora do escopo do desenvolvimento do seu projeto. Tente meditar, fazer exercícios ou então ler livros que não tenham nada relacionado ao seu trabalho.

Quando você voltar para o seu projeto, o descanso que você deu para a sua mente irá ajudar a desenvolver novas ideias para retomar o projeto com uma nova perspectiva.

2. Crie um mapa mental

Às vezes, a razão de se sentir preso no desenvolvimento de um projeto é porque existe muita informação para processar, causando uma perda de clareza no objetivo final. Quando isso acontece, ou então quando simplesmente você precisa de novas ideias, uma ótima maneira de conseguir uma nova perspectiva é usar um mapa mental.

Criar um Mapa Mental é uma forma de ter uma nota visual que ajuda a colocar as ideias no papel. Não existe um caminho certo de criar um mapa mental, mas o conceito básico é desenhar como suas ideias e pensamentos se relacionam, usando linhas para conectá-las. Essencialmente, você está fazendo um mapa de como todas as suas ideias e como elas se relacionam entre si.

Fonte da Imagem

Para fazer um mapa mental do projeto, comece com uma ideia central, pode ser o objetivo principal do seu projeto ou uma parte dele. Depois, pense no seu projeto com uma hierarquia. Quais são as principais tarefas, objetivos ou ideias por trás do projeto? Escreva elas e desenhe linhas para o objetivo central.

Continue mapeando os menores detalhes e desenhando linhas para outras ideias que estão conectadas. Não se preocupe em fazer um mapa mental bonito ou fazer “certo”. O objetivo é colocar no papel todos os seus pensamentos – você pode copiar esse simples exemplo de mapa mental no quadro do Trello – e fazer as conexões para ajudar a gerar novas ideias.

3. Experimente um novo cenário

Precisa de novas ideias? Tente mudar o cenário. Literalmente.

Uma ótima forma de mudar as coisas é se afastar do lugar que você vem trabalhando. Você trabalha de casa? Tente um novo local como um café, livraria ou um coworking. Trabalha em um escritório? Vá para outro lugar com a sua equipe.

Às vezes ficar em um único lugar pode diminuir sua produtividade e acabar com toda a sua criatividade. De fato, um recente estudo mostra que pequenas diversões podem melhorar muito o seu foco e produtividade. Sair do lugar em que você associa ao desenvolvimento do seu projeto pode ajudar a trazer uma mudança inesperada na sua perspectiva. Para equipe de trabalho, as dinâmicas de grupo para unir equipe fora do escritório são muito usadas para aumentar a criatividade, permitindo que companheiros de equipe tenham um descanso e façam alguma atividade juntos, motivando uma melhor colaboração.

4. Faça algo criativo

Quando você vê o objetivo das dicas que mostramos até agora, todas elas envolvem em tirar sua mente de fora da caixa. Fazendo algo criativo, como pintar, desenhar, ou qualquer outra coisa criativa que ative sua imaginação, segue a mesma linha de pensamento.

Dr. Stuart Brown, fundador do National Institute for Play, argumenta que fazer algo divertido e criativo ajuda a aumentar a produtividade: “Existem boas evidências que se você permite que seus colaboradores façam algo que eles queiram fazer, que seja divertido, há melhores resultados em termo de produtividade e motivação.”

Você nem precisa ficar completamente fora do escopo do seu projeto para fazer isso funcionar. Pense em formas de colocar essas ações criativas no desenvolvimento do projeto. Por exemplo, o seu projeto exige a criação de algo visual? Pare o que você está fazendo agora e trabalhe com a parte visual do seu projeto. Ou simplesmente pegue algumas tintas ou lápis de cor e desenhe as ideias do seu projeto de forma visual: como o Mapa Mental com menos palavras e mais imagens.

5. Pegue a perspectiva de outras pessoas

Quando tudo falhar, adicione uma nova perspectiva perguntando sobre o projeto para outra pessoa.

Pergunte a alguém que não trabalha com você, nem conheça as especificidades do seu trabalho. Se puder, apresente o seu projeto até seu status atual. Se for um projeto escrito ou algo maior, mostre para a pessoa tudo o que você tem. Explique o processo do seu pensamento, seus principais objetivos e as perguntas que está tentando responder. Peça-o para fazer notas e para ser honesto com o feedback.

No final da apresentação, considerando que seu amigo tenha feito um bom trabalho, você terá novas inspirações, perguntas e ideias para seguir o seu projeto com um novo ponto de vista.

6. Faça novas perguntas

Se você estiver com dificuldades de completar o projeto, talvez seja a hora de se perguntar, “Qual é a raiz do meu problema em finalizar esse projeto?” Isso permite que você cave profundamente e ache a causa desse problema.

Dê um passo atrás e analise as dificuldades que você está tendo respondendo essas perguntas:

  1. Qual é o objetivo geral deste projeto?
  2. O que estou tentando resolver?
  3. Qual é a parte mais fácil desse projeto?
  4. Qual é a parte mais difícil desse projeto?
  5. Quais são os pontos fortes da minha equipe nesse projeto?
  6. Quais são os pontos fracos da minha equipe nesse projeto?
  7. Quais são as ações que eu posso ter no próximo dia, semana e mês para colocar esse projeto no caminho certo?

Anote suas respostas e depois pense nelas. Existem outras formas de pensar no seu projeto fora as respostas que você escreveu? Tem outras formas que você poderia pensar sobre o problema em questão e como você vai abordar ele? Pense em novas questões que você poderia fazer que você ainda não se questionou. Escreva tudo, as vezes é necessário um pequeno diário para chegar na raiz do problema e encontrar uma nova perspectiva.

7. Adicione um novo membro para seu projeto

Nós falamos sobre a importância de descobrir a perspectiva de outra pessoa através de apresentação e explicação, mas às vezes, projetos podem ser muito complicados de explicar em uma simples apresentação. Quando isso acontece, e a sua equipe está presa em uma rotina, considere adicionar um novo membro no projeto ou substituir uma pessoa por outra.

A melhor parte de contratar novas pessoas é que eles trazem perspectiva de fora e ideias para os veteranos da equipe. A mesma regra pode ser aplicada para um projeto individual, considere essa tática na próxima vez que você estiver se sentindo como uma pessoa perdida em uma ilha.

Não esqueça – quando você contratar uma nova pessoa para o seu projeto, encoraje ela a falar sobre novas ideias!  Você não quer negar esse valor inicial que eles trazem criando uma situação que ela seja mais um participante passivo.

8. Tenha um visão macro

O mapa mental te ensina a mudar de perspectiva ao entrar nos detalhes de um projeto e fazer conexões entre eles. Mas e o oposto disso? Ao invés de mergulhar nos detalhes do projeto, às vezes é mais interessante dar um zoom out e ter uma visão mais macro do todo.

Nesse sentido, ter uma visão do todo significa focar em responder o “por quê” da questão. Simon Sinek, autor do livro Por quê? Como motivar pessoas e equipes a agir, argumenta que responder o “por quê” de você estar fazendo o que está fazendo ajuda a adicionar propósito e satisfação no que estiver trabalhando:

  • Por que você está fazendo esse projeto e qual problema ele resolve para sua empresa, organização, time ou outro compromisso?
  • Como isso afeta o business da sua organização?
  • Por que você está trabalhando nesse projeto e como suas habilidades estão sendo usadas nele?
  • Mais importante: qual problema você está tentando resolver com o desenvolvimento desse projeto?

Manter essas questões da visão do todo em mente não somente faz você pensar em novas perspectivas sobre um determinado projeto, como também ajuda a dar um propósito a ele, o que é importante para se manter focado. Ninguém quer trabalhar muito para nada.

Onde ir com sua nova perspectiva

Só tem uma última coisa para lembrar: precisar de uma nova perspectiva é diferente de precisar de motivação porque você está procrastinando. De qualquer forma, existem 4 métodos cientificamente comprovados de como fazer para parar de procrastinar e voltar para o caminho certo.

Agora é hora de começar. Equipe-se com todas essas formas de conseguir um novo começo para um projeto antigo e use essas inspirações para deixar o seu projeto no caminho de casa.

 

Compartilhe esse artigo:

Postagens Relacionadas

Trello on various platforms

Using Trello at Work

Sign up for Trello Business Class to learn how your entire team can maximize productivity.

Saiba mais